Na Mídia

Rainha dos caminhoneiros, Sula Miranda lançara sua nova música em João Pessoa

A cantora Sula Miranda mais conhecida como “Rainha dos Caminhoneiros” acaba de lançar seu mais novo single intitulado “Bitrem Desgovernado” com sua passagem confirmada a João Pessoa dos dias 24 a 26 de outubro, aproveitando para lançar sua coleção de joias com pedras naturais.


Mesmo em forte ritmo de trabalho musical, Sula vem cumprindo agenda com o evento “Tarde Rosa” cor preferida da artista que será um momento que os fãs e amigos terão a oportunidade de estarem mais próximos da cantora, que trazendo novidades nessa sua passagem a capital paraibana.


Uma delas será o lançamento da Coleção Sula Miranda de joias folheadas, com destaque em pedras naturais paraibanas, que trazem um toque cheio de estilo e glamour.


Na oportunidade os pessoenses irão conhecer o projeto “Caravana Sula Miranda” que serão 13 dias inesquecíveis pelo Egito, Jordânia e Israel. Já o novo single da cantora “Bitrem Desgovernado” gravado pelo Radar Records será lançado em alguns programas de TV e rádio em João Pessoa.


Com 30 anos de carreira, considerada uma das pioneiras da música sertaneja feminina – além de dona do título de ‘Rainha dos caminhoneiros’ – Sula Miranda começou sua carreira musical no grupo “As Mirandas”, juntamente com suas irmãs Yara e Gretchen e mais tarde viraram o quarteto As Melindrosas com a inclusão da amiga Paula. O primeiro LP “Disco Baby” foi um enorme sucesso, alcançando a marca de 1 milhão de cópias vendidas.


Sula sabia que as pessoas que gostavam deste gênero musical, gostavam de ouvir falar da vida dos peões de boiadeiro e dos caminhoneiros e a maioria dos cantores e duplas sertanejas dedicavam faixas em seus discos a estas duas classes. Este foi o segredo do sucesso e a empatia do público com a música “Caminhoneiro do Amor” foi imediata.


Em dois meses, todas as rádios a estavam tocando. Dias depois do lançamento, as vendas lhe renderam um Disco de Ouro, com mais de 100 mil cópias vendidas e recebeu o título de “Rainha dos Caminhoneiros”.