Policial

Polícia prende irmão e esposo de secretária de Saúde no Sertão

As polícias Civil e Militar desencadearam na manhã desta quarta-feira (29) a Operação Mordaça, em Sousa, no Sertão do Estado, contra os suspeitos de ter envolvimento na tentativa de homicídio do funcionário do Samu, Gervásio Bernardo, que havia denunciado irregularidades na Secretaria de Saúde.


Ao Portal MaisPB, o delegado Silvio Rabelo informou que foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa da secretária Amanda Silveira. O irmão dela, Marlon Marques, e o esposo, Romel Marques, foram presos durante a ação.


Os disparos contra o servidores teriam sido efetuados por um grupo de ciganos. Cinco foram detidos por suspeita de envolvimento no crime, mas a polícia ainda investigar qual deles foi responsável pelos disparos.


Já o marido da secretária é apontado como mandante do crime. Conforme o comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Jurandy, o irmão da secretária circulava com frequência na comunidade cigana.


Seis armas apreendidas, dentre elas pistolas, revolver e espingarda.


Gervásio Bernardo postou vídeos denunciando a existência de funcionários fantasma na Secretaria e cortes nos salários de servidores que cumprem suas jornadas.