Esportes

Lateral da Seleção Brasileira é denunciado por fraude fiscal de R$ 1,8 milhão

Um dos principais jogadores tanto do Real Madrid como da Seleção Brasileira, o lateral Marcelo pode ter que resolver um problema extra-campo antes de voltar a focar no futebol.


A Promotoria provincial de Madri apresentou uma denúncia contra o brasileiro afirmando que o defensor teria fraudado 490.917,70 euros (aproximadamente R$ 1,82 milhão) da Fazenda espanhola, valor que teria relação com o Imposto de Renda de 2013.


Segundo o jornal espanhol Marca, Marcelo teria ocultado os valores nas declarações do Imposto de Renda, entre os anos de 2011 e 2013 e o brasileiro teria recebido uma devolução de 10 mil euros da fazenda espanhola por causa da não divulgação da quantia.


As especulações são desde o início de agosto, porém o caso ainda estava sob avaliação para que a denúncia se transformasse em uma ação judicial, e por isso não podia ser oficializado.


De acordo com a assessoria do jogador, a queixa foi devido a uma “questão técnica de interpretação da norma fiscal espanhola”, e a situação está sendo analisada desde 2013 pelos advogados em questão, que estão cientes de todos os detalhes da denúncia.


Apesar da queixa feita pela Promotoria provincial de Madri, Marcelo vive ótima fase no Real Madrid. Além de ser titular absoluto na equipe comandada por Zinédine Zidane, o brasileiro tem três títulos da Liga dos Campeões, principal torneio de clubes do futebol europeu.


Consistente na parte defensiva, o lateral participa constantemente das ações ofensivas do time madrileno e tem uma amizade muito grande com o craque Cristiano Ronaldo.


Na última semana, Marcelo ainda não tinha se recuperado de uma lesão e por isso não foi convocado pelo técnico Tite para os confrontos contra Bolívia e Chile pelas Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo.


No entanto, o jogador tem tudo para ser chamado para jogar com a Amarelinha no mundial da Rússia, quando a Seleção Brasileira tentará o hexa campeonato.