João Pessoa

Incêndio atinge maternidade em João Pessoa e pacientes são transferidos

Um incêndio no almoxarifado da maternidade pública Frei Damião, em João Pessoa, fez com que sete bebês e seis mães internados, além de uma mãe que estava em atendimento de emergência no local fossem transferidos para outras duas unidade no final da noite de quinta-feira (28).


De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo ficou apenas no almoxarifado, mas a fumaça se espalhou pelo hospital, obrigando a remoção dos pacientes da unidade. A Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) neonatal e o bloco cirúrgico foram isolados pelo Corpo de Bombeiros e não houve registro de feridos no local.


A assessoria da maternidade Frei Damião informou que dos sete bebês, seis foram transferidos para o Instituto Cândida Vargas (ICV) e um para o hospital Edson Ramalho, todos na capital paraibana.


No caso das mães, foram quatro levadas para o Edson Ramalho e três para o ICV. A diretora da maternidade, Ana Márcia Fernandes, explicou que os bebês passaram por um processo assepsia nos hospitais para os quais foram encaminhados e devem retornar à maternidade Frei Damião ao longo desta sexta.


Na manhã desta sexta-feira (29), a UTI neonatal e o bloco cirúrgico seguem interditados e a área do ambulatório está sem energia elétrica, impedindo o atendimento de quem foi ao local em busca de consultas. De acordo um dos médicos da maternidade, identificado apenas como Bergson, nenhum procedimento estava sendo realizado no momento do incêndio.


Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, a suspeita é de que o fogo tenha começado por um problema na parte elétrica do almoxarifado, que estava em manutenção. Por conter produtos químicos no local, o fogo se alastrou rapidamente. Bombeiros estão fazendo a perícia no local nesta sexta-feira, depois de controlarem o resto da fumaça que ainda era registrada no local durante a manhã.