Esportes

Galo vacila em casa e leva goleada pra Chape

“Caiu no Horto tá morto”. O canto simbolizava a força do Atlético jogando no Independência há alguns anos. Isso ficou num passado distante. Agora o morto é o Galo. Carregando o título de segundo pior mandante do Campeonato Brasileiro, o Atlético fez valer sua faixa e perdeu mais uma em Belo Horizonte, desta vez para a Chapecoense, por 3 a 2, no Independência, com direito a goleada e cutucada do atacante Wellington Paulista.


O centroavante na saída de campo falou sobre o gol, o primeiro da vitória da Chape. WP9 que tem histórico com a camisa do Cruzeiro, cutucou ao sair do gramado. “Na hora certa contra o time certo”, brincou.


O Atlético começou o jogo ganhando. Mas não resistiu ao grande volume colocado em campo pela Chapecoense. O time catarinense virou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, os mineiros buscaram uma reação, mas não deu certo, pois a Chape tinha ainda mais força em campo e conseguiu o triunfo.


O resultado deixa o Atlético na 9ª colocação, com 38 pontos. Já a Chape melhorou sua situação na tabela, chegou aos 35 tentos e ficou na 11ª posição.


O Galo agora junta os cacos e se prepara para um dos jogos mais importantes da temporada. No domingo, no Mineirão, o alvinegro mineiro tem o clássico contra o Cruzeiro, às 16h (de Brasília), no Mineirão. A Chape recebe seu concorrente direto na luta contra o rebaixamento Fluminense, na Arena Condá, no mesmo dia, às 19h.